quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Na foz do Dande

Um interessante artigo publicado hoje no Público, relacionado com a corrente discussão sobre a escravatura pode ser lido neste sítio:
https://www.publico.pt/2018/02/08/sociedade/opiniao/na-foz-do-dande-ha-174-anos-1801625

A Marinha presente.

2 comentários:

O Curso OC disse...

Recebido o seguinte comentário:
"Meu caro Barbosa
Segui a tua informação e fui ver o artigo do Público que,diga-se desde já, não me agradou, fundamentalmente pela forma, a meu ver muito discutível, como o autor classifica quem não pensa, nesta matéria, como ele.
Convém recordar que a actuação da Marinha decorreu do Tratado de Luanda de 1842 que permitia que os ingleses continuassem a fiscalizar o tráfico de escravos em Angola.
A análise dos apresamentos efectuados parece apontar para um maior empenhamento dos ingleses que, com muita frequência, criticaram o pouco empenhamento dos portugueses
Abraço do E. Gomes"

O J.N.Barbosa disse...

Caro E. Gomes
Estou ciente desse pouco empenho português no combate ao tráfico. Quanto ao artigo, o autor anda em polémica com um intelectual da Guiné muito erudito, que defende que a escravatura é uma obra do homem branco e do imperialismo, e que devemos uma reparação aos africanos e, como está na moda, um pedido de desculpas.