quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Costinha

(Para ampliar, "clicar" na imagem)

Hoje é o dia dele, esse sempre irrequieto OCeano, sempre a funcionar em pleno, uma força da natureza desde os idos de 62 (pelo menos). As suas actividades espraiam-se por vários domínios e este estudioso e Académico prepara-se para finalizar o seu Mestrado em História Marítima ... é também o inventor dos Breves Encontros o que tem ajudado a manter a sanidade mental de alguns velhotes OCeânicos. As "aventuras" deste nativo de Capricórnio, tal como ilustrado acima, são inúmeras, desde ser procurado nos States até ilustrar a primeira página de revistas de referência. É bom não esquecer as afinidades com Nicole Kidman. Só me resta parabenizar o Costinha neste seu dia e desejar que possa repetir a data muitas mais vezes sempre com saúde e boa disposição!

OCEANOS


Ainda o ano de 1945 nascera há poucos dias, quando em 4 de Janeiro veio ao mundo o primeiro OCeano de 1945, e não precisou de saltar à vara. Claro que me refiro ao Adelino Rodrigues da Costa, o “Costinha” que também foi em tempos o “Pena Branca”.
Retirou-se das lides navais  relativamente cedo mas nunca virou as costas à sua Marinha e aos seus camaradas de curso. Interessou-se pelo estudo do Oriente Lusitano, nomeadamente a Índia.
Grande Camarada e Amigo, vão os desejos de um feliz aniversário junto aos teus e que o repitas por muitas vezes.
Grande Abraço.

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

OCEANOS


Ainda mal iniciará o ano de 1945 e já um futuro OCeano a nascer, o Martins dos Reis. Ingressa na classe do óleo como OCeano, mas não era o seu gosto. Mais tarde conseguiu satisfazer o seu gosto, especializar-se em Informações militares. Acaba a sua vida de Marinha na DINFO nas informações estratégicas.
É pena não comparecer aos almoços do curso, mas pide ser que este ano se esforce e apareça pois faz falta.
Que tenhas um feliz dia de aniversário e que o possas repetir muitas vezes. Esperamos por ti a uma segunda Terça-feira do mês para o nosso convívio gastronómico.
Um Abraço